Publicado em Deixe um comentário

Ilha do Combu: conheça o paraíso pertinho de Belém

ilha-do-combu-flor-de-jambu

Buscando tranquilidade, comida boa e profunda conexão com a natureza? Então visite a Ilha do Combu há 15 minutinhos da cidade de Belém. 

Este é um ótimo passeio para quem está conhecendo o Pará e quer se desconectar um pouco da agitação das grandes cidades. 

Com várias opções de restaurantes, muitos turistas visitam esta ilha para se deliciar com as comidas tipicamente paraenses. 

Além disso, há opções de lazer dentro dos próprios restaurantes, como piscinas, trilhas e espaços de jogos, que são excelentes para passeios em família!

Quer conhecer um pouquinho melhor sobre a Ilha do Combu antes de visitá-la? Então continue a leitura e anote todas as dicas!

Ilha do Combu: como ir?

Apesar de parecer difícil, chegar à Ilha do Combu é super simples. Basta pegar um barco, meio de transporte utilizado pelos moradores da ilha, que sempre sai da Praça Princesa Isabel (localizada no bairro Condor).

A passagem varia entre R$7,00 e R$10,00 reais. Lembrando que durante a semana a frequência de embarcações em direção à ilha é bem menor. 

Ilha do Combu: pousadas

A maior parte dos turistas que visitam esta ilha costumam passar somente uma tarde. Até porque, por ser bem pequena, não há muitas atrações ou eventos. 

O que mais atrai as pessoas, além do sossego proporcionado pela floresta, é a incrível experiência gastronômica que você terá ao visitar qualquer um dos restaurantes.

Por isso, não há quase nenhuma opção de estadia ou hotel. A única indicação que nós temos é da Olaria River Hostel. Apesar de haver poucas acomodações, os quartos são bem equipados, e ainda há a opção de café da manhã incluso. 

Ilha do Combu: restaurantes

Diferente das estadias, as opções de restaurantes são diversas. Antes de ir, é bom conferir o cardápio, os preços e também as opções de lazer. 

Um dos locais mais bem recomendados nesta ilha é o famoso Saldosa Maloca, que está funcionando atualmente de sexta a segunda. 

Além de uma linda vista para o Rio Guamá, a comida é muito elogiada. Mas, por conta de sua fama, o preço é um pouco salgado.

Apesar de haver opções de trilhas e tirolesas, há outras alternativas com uma infraestrutura um pouco mais robusta, como o Solar da Ilha.

O preço não é muito diferente do Saldosa Maloca, mas o restaurante, além de comida boa, conta uma piscina, hidromassagem e várias espreguiçadeiras para você tirar aquele cochilo depois do almoço.   

Mas, se o que você busca é um combo de “preço acessível + lazer para a família”, então as outras opções são: o Nossa Maloca, o Casa Combu e o Kakurí. 

Conheça a Fábrica de chocolate

Uma parada obrigatória para quem visita esta ilha é a Casa da Dona Nena. Isso porque, a produção e comercialização de cacau é praticamente uma marca registrada deste local. 

Além disso, a história de superação e o delicioso chocolate da Dona Nena, que é bastante reconhecido inclusive por alguns renomados chefs brasileiros, é algo que atrai muitos turistas. 

Para começar, você pode fazer uma visita guiada para conhecer um pedacinho da Amazônia e os tesouros que ela nos dá, como o cacau, o cupuaçu e o açaí. Para fechar com chave de ouro, faça uma degustação de alguns chocolates amazônicos e doces típicos da região. 

Se você ainda não provou o chocolate amazônico, não sabe o que está perdendo! É simplesmente uma delícia!

Gostou de saber um pouquinho mais sobre a Ilha do Combu? 

Então não deixe de acompanhar nosso blog, pois neste período de férias teremos várias dicas de viagens e destinos inesquecíveis na região norte do Brasil! Não perca!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.