CULTURA, HISTÓRIA

Conheça os estados que compõem a Amazônia Legal

amazônia-legal

O termo político “Amazônia Legal” é utilizado para designar a região amazônica brasileira que possui mais de 5 milhões de quilômetros quadrados. Esta região contempla os estados do Pará, Acre, Amazonas, Rondônia, Amapá, Mato Grosso, Roraima, Tocantins e uma parcela do estado do Maranhão. 

Este conceito, Amazônia Legal,  foi criado na década de 50 por uma autarquia já extinta: a Superintendência do Plano de Valorização Econômica da Amazônia. Seu principal objetivo era desenvolver e integrar economicamente essa região, que era mais isolada e menos desenvolvida comparada ao resto do Brasil. 

Segundo o Imazon, se a região da Amazônia Legal fosse um país, ela estaria no ranking de maiores países do mundo em extensão territorial, ocupando o 6° lugar. Além disso, as árvores que contemplam este território equivalem a um terço de todas as árvores que existem no mundo. 

Representando cerca de 60% do território nacional, estima-se que a Amazônia Legal possua mais de 29 milhões de habitantes. Segundo dados do IBGE (2019), o produto interno bruto desta região é de aproximadamente 660 bilhões, o que representa 9% do PIB nacional. 

Quer saber mais curiosidades sobre os estados que compõem esta região? Então, continue a leitura! 

Amazônia Legal: principais estados

Amazonas

Dentre os estados mais populosos da Amazônia Legal, o Amazonas ocupa o terceiro lugar. O clima desta região é bastante úmido e quente o ano inteiro. Além disso, por ser um dos territórios com mais áreas preservadas, muitos turistas o visitam com o objetivo de conhecer e explorar as florestas. 

Em Manaus, capital do estado, um dos pontos turísticos mais visitados é o Teatro Amazonas, que possui uma arquitetura belíssima com estilo renascentista. Além disso, o Mercado Municipal Adolpho Lisboa também é parada obrigatória para quem visita esta região, pois lá é o local ideal para conhecer e experimentar a culinária amazonense, que tem muitas heranças indígenas. 

Teatro-Amazonas
Teatro Amazonas
Fonte: Wikimidia Commons

Acre

O Acre também é o destino perfeito para quem deseja explorar a Floresta Amazônica, pois o estado possui muitos parques nacionais e sítios arqueológicos. Uma curiosidade interessante é que a gastronomia local possui influências da culinária boliviana, visto que o Acre já foi território da Bolívia. 

Outro local super interessante que os turistas marcam presença é a casa de Chico Mendes, um dos maiores ambientalistas e ativistas do nosso país. Transformada em museu, a casa foi tombada pelo IPHAN como patrimônio cultural do estado. 

Casa-de-Chico-Mendes
Casa de Chico Mendes
Foto: Katie Maehler / Mídia NINJA

Roraima

De origem indígena, Roraima significa “Monte Verde”. Este é o estado menos populoso da Amazônia Legal e sua capital, Boa Vista, é a única cidade do Brasil situada no Hemisfério Norte. 

Um dos principais atrativos deste estado é o Monte Roraima, que tem formato de platô e é rodeado de falésias. Sua paisagem única e incomparável inspirou o cenário de um dos filmes mais lindos da Disney: Up Altas Aventuras. 

Monte-Roraima
Monte Roraima
Fonte: Canva Pro

Rondônia

Rondônia recebeu este nome em homenagem ao Marechal Cândido Rondon, que foi um militar de ascendência indígena que ajudou a desbravar esta região. Este estado é o terceiro mais populoso do norte do Brasil.

Às margens do rio Guaporé encontra-se a maior edificação militar construída pelos portugueses fora da Europa: o Real Forte Príncipe da Beira. Sua principal função era proteger o território de invasões espanholas no século XVIII. 

A cultura e culinária é bastante diversificada devido ao grande número de migrantes oriundos de diversas regiões do país. Além disso, a atividade agrícola e pecuária é bem forte neste estado. Uma curiosidade interessante é que Rondônia produz uma fruta difícil de ser cultivada na região norte devido ao clima: a uva. 

Catedral-Sagrado-Coração-de-Jesus
Catedral Sagrado Coração de Jesus em Porto Velho
Fonte: Canva Pro

Pará

Terra da maniçoba, do tacacá e do açaí puro com peixe frito! O Pará é o estado mais populoso da Amazônia Legal e o segundo maior em extensão territorial. 

Duas dicas preciosas para quem vai visitar o Pará é conhecer a Ilha do Marajó e Alter do Chão. Ambos são destinos maravilhosos para turistas que querem ter mais contato com a natureza, explorar o bioma amazônico e provar as delícias da culinária local

Alter-do-chão
Alter do chão
Fonte: Canva Pro

Amapá

O Amapá já fez parte do estado do Pará, mas foi separado em 1943. É o segundo menos populoso da Amazônia Legal. Sua capital, Macapá, é a única cidade brasileira que é cortada pela linha do Equador. Esse fato permite que os moradores locais presenciem o Equinócio. 

Uma curiosidade interessante é que a capital não possui rodovias. Ou seja, para chegar até lá, só pegando um barco ou avião. Este estado também tem o costume de comemorar o Círio de Nazaré, que é uma das maiores festividades de cunho religioso que ocorre todos os anos em Belém. 

Forte-de-Santo-Antônio-do-Macapá
Forte de Santo Antônio do Macapá
Fonte: Canva Pro

Tocantins

O nome deste estado é uma homenagem ao Rio Tocantins que atravessa seu território de norte a sul. De origem tupi, Tocantins significa “Bicos de Tucanos”. Sua capital é a mais nova do país: Palmas. 

Esta região também é belíssima e possui paisagens incríveis como: a pedra furada, as dunas do Jalapão, os fervedouros com águas cristalinas, a cachoeira da formiga e o Cânion Sussuapara. 

fervedouro-do-Jalapão
Fervedouro do Jalapão
Fonte: Canva Pro

Mato Grosso

O Mato Grosso abriga três biomas diferentes: o Cerrado, o Pantanal e a Amazônia. Por esse motivo, o ecoturismo é super forte na região. Afinal, há uma grande diversidade de paisagens e espécies para explorar. 

A Chapada dos Veadeiros e a Serra do Roncador são dois destinos muito visitados pelos turistas. Além disso, lá se encontra uma das cachoeiras mais altas do Brasil: a Jatobá. Esse também é o nome de uma das frutas mais características da região que é super nutritiva e utilizada em várias receitas. 

chapada-dos-veadeiros
Chapada dos Veadeiros
Fonte: Canva Pro

Maranhão

Assim como o estado do Mato Grosso, o Maranhão possui uma grande diversidade de ecossistemas. Sua região é contemplada por praias tropicais, mangues, cerrado e uma parte da Floresta Amazônica. 

Sua capital, São Luís, foi fundada por franceses em 1612, mas foi tomada pelos portugueses dois anos depois. Também conhecida como capital do Reggae, São Luís é a 4° cidade mais populosa do nordeste. 

Um dos pontos turísticos mais visitados no estado é o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, que é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral. Suas dunas, mangues e lagos de água doce formam paisagens incríveis de tirar o fôlego.

lençóis-maranhenses
Lençóis Maranhenses Fonte: Canva Pro

Gostou de conhecer um pouquinho sobre os estados que compõem a Amazônia Legal? Conta pra gente nos comentários se você é de algum deles!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *