Publicado em Deixe um comentário

Obra do Diabo? Conheça a misteriosa lenda sobre a origem do café

café-apuí-orgânico

Você já deve ter escutado a expressão “quem conta um conto aumenta um ponto”. Pois é…isto aconteceu com a lenda que conta a história da origem do café. Ou, melhor dizendo, da descoberta dos efeitos estimulantes que esta bebida proporciona. 

Há várias versões com diferentes personagens dessa lenda que está presente em manuscritos de um país árabe que se chama Iêmen. 

Em resumo, um belo dia um pastor de cabras que vivia na Etiópia percebeu que seu rebanho ficava serelepe e muito agitado após comer um certo tipo de planta. 

Fato curioso que lhe deixou intrigado, e o fez levar esta planta até um monge que disse que tal efeito deveria ser obra do demônio. 

Contudo, em outra versão da história, o próprio pastor que se chamava Kaldi, resolveu experimentar os frutos desta planta, constatou que os efeitos eram reais e acabou disseminando este novo conhecimento para os povos da sua região. 

Interessante, não é? Se esta história é real ou não, nunca vamos saber. Mas, graças às cabras, conseguimos trabalhar despertos depois do cafézinho. 

Quer saber um pouquinho mais sobre a história e trajetória do café?? Então, vêm com a gente! 

café com açai

Qual a origem do café?

Um fato real sobre a lenda que contamos é que a origem do café realmente foi na África. Mais especificamente numa região do interior da Etiópia conhecida como Kafa. 

Os arbustos do pé de café integravam a vegetação natural da região. Além disso, os etíopes tinham o costume de fazer infusões das folhas, preparar sucos das polpas desta fruta, e até mesmo produzir bebidas fermentadas de café. 

Mas, apesar de sua origem africana, foram os árabes que aperfeiçoaram e dominaram os procedimentos para o plantio. Fato que colaborou para o monopólio da comercialização deste produto por muito tempo. 

O processo de torrefação dos grãos para produzir a bebida semelhante ao que conhecemos hoje só começou no século XIV. Antes disso, as infusões de café eram muito utilizadas para fins medicinais, e seu chá também era bastante consumido entre os monges que passavam horas meditando, ou em vigília.

cafe amazonia

História do café no Brasil

Muitos não sabem, mas a primeira parada feita pelo café ao chegar no Brasil foi no estado do Pará, no século XVIII. Contudo, devido a alguns fatores como o clima, seu plantio se propagou melhor em outras regiões como Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo…

A demanda mundial pelo café, principalmente em alguns países da Europa, e também nos Estados Unidos, foi uma mola propulsora que incentivou o aumento da produção no Brasil. 

Com excelentes condições para o plantio, e necessitando de menos custos e mão de obra comparada à produção da cana de açúcar, produtores das regiões de Minas, Rio de Janeiro e São Paulo, começaram a investir fortemente neste produto. 

O resultado disso foi um grande crescimento econômico no Brasil, tornando o café a principal atividade da economia do nosso país. Este período, que durou cerca de 130 anos, foi conhecido como “o ciclo do café”. 

Contudo, depois da famosa crise de 29 ocorrida nos Estados Unidos que resultou na quebra da bolsa, o Brasil se viu com estoques e mais estoques de café que precisaram ser queimados. Fato que também gerou uma grave crise financeira no nosso país. 

Atualmente, o Brasil ainda é um dos maiores produtores de café do mundo! Mas, ele disputa este ranking com países como a Colômbia, Índia, Panamá, Indonésia e Etiópia. 

Um fato curioso que muitos desconhecem é sobre a produção de café na Amazônia. O nosso Café Apuí Orgânico, por exemplo, é cultivado em áreas de sistema agro-florestal totalmente livre de agrotóxicos. 

Além disso, o Café Apuí, que é feito por agricultores familiares da região amazônica, passa por um processo de produção diferenciado que atribui a este produto um aroma e sabor únicos!

Bateu a vontade de tomar aquele cafezinho?? 

Então clique no botão abaixo e conheça agora nossas deliciosas opções de cafés!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.